Em dois anos, hackers iraquianos entraram em empresas de aviação, eletricidade e defesa

Um relatório da empresa de segurança Cylance acaba de dar a conhecer o potencial do braço cibernético de Teerão: em dois anos, os hackers iranianos terão logrado infiltrar-se nas maiores companhias de eletricidade, aviação e defesa.

Fonte:: exame