Obama defende neutralidade da Internet

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, defendeu esta
segunda-feira que a Internet deve ser um serviço público e rejeitou a
criação de canais prioritários e mais rápidos, numa mensagem enviada na
segunda-feira à Comissão Federal de Comunicações.

Fonte:: JN